quarta-feira, 15 de abril de 2015

Perigo

O perigo se aproxima
Tem seu cheiro
Sua voz
Sua barba
E aquele jeito doce de falar
Afasto pra não me enrolar
Fujo
Finjo
Mas ah...
Aquele jeito de falar

O perigo se aproxima
Tem seu beijo
Seu toque
Suas mãos
E aquele sorriso que adoro
Afasto sua armadilha
Viro
Reviro
Mas ah...
Aquele sorriso

O perigo se aproxima
Está do meu lado
Cada vez mais perto
Resisto
Não resisto


O perigo me pegou.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Limerique 1

Lá na frente, o fim da rua
Aqui embaixo, toda curva
Vou, fiquei
Fui, voltei
Veja só: cheguei na lua!