quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Anúncio

Procura-se alma
Seja onde for
Que preencha o vazio
Transform - a - dor

Precisa-se de alma
Despida de pudor
Para um coração aflito

Aflito por

Procura-se alma
Procurando outra alma
Que juntas sejam uma
E unidas ainda duas

Precisa-se de alma
Tal qual de amor
Que não tema sofrer

Sofrer por


quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Paixão

A paixão
Não tem cautela
Corre pra frente
Sem ter pra onde

A paixão
Tem alma cega
Fecha os olhos
Mas não se esconde

A paixão
Se destempera
Adora o bom
O mau releva

A paixão
Tem duas asas
Que pintam vida
Em aquarela

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Segredo

Entre o sim e o não
Oscila
Entre a corda e o chão
Tremula
Entre contar e calar
Pondera
Entre ficar e prosseguir
Espera

Parada
Permanece
Tranquila
Parece
Por dentro
Enlouquece

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Haikai 5

Decidiu que iria esperar
Não sabia o quê
Só queria sonhar
É como quando você olha pra frente
Pro horizonte enorme e infinito
E vê que nada daquilo é pra você
Que nenhuma parte da imensidão
Foi reservada pro seu paladar

Acontece, fazer o que...

De onde vem a Poesia?

De um lugar
Tão pequeno
Que não se vê
Se sente

De um espaço que fica menor
Quanto mais cresce
E se expande, se expande
Até não caber em si

Vem quando menos se espera
E ali
Na casa do papel em branco
Transformando a folha em
Universo
Toda espera que não havia
Se faz

Necessária

Vem de qualquer lugar
A qualquer instante

Vem regada
Pra semear
Brotar
Crescer

De onde vem a Poesia?
De um lugar sem mapa
Que fica
Logo ali...