quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Decisão

Coração em precipício
Seria o fim ou o Início?
Estou bem na beirada.
Ando pra a frente
Ou bato em retirada?
Um vento sopra:
É só de ida
Não tem volta
E algo diz:
Avance
Vá ser feliz

sábado, 25 de janeiro de 2014

Separação

Foi naque dia. Desde aquele dia cinza em que você juntou sua coisas, pendurou a mochila nas costas e disse "tchau".
Você não sorriu nem chorou. Apenas olhou uma última vez para mim, com a mão já na maçaneta da porta, e disse "tchau".
A secura de seus olhos, tão decididos, tão resolutos, era uma afronta aos meus, mergulhados numa tristeza sem fim. Um mar de ressaca.
"Por favor, fique comigo", meu peito gritava em desespero, ensurdecendo o silêncio cruel pairava sobre seu tão seco e determinado "tchau".
Mas você não ficou. Atravessou a porta sem olhar para trás e foi embora.
Foi a partir de então que, sem me levar, você sequestrou-me de mim. Livre e refém, acompanhada da implacável solidão, me tornei uma versão em preto e branco de mim mesma. Filme mudo cujo único som ouvido é o seu tão seco, tão certo, tão atroz "tchau".

Sonhando


Coração partido

Antes era suspiro
Agora respira
Sem saber por que...

domingo, 5 de janeiro de 2014